Construtor e primeiro pároco da Catedral

por Editoria/AC

A Capela do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, que se transformou na catedral de mesmo nome, foi construída no Largo da Matriz, hoje Praça da República, a partir de 1720, pelo paulista Jacinto Barbosa Lopes. Sua primeira missa foi celebrada pelo frei Pacífico dos Anjos, a um ano da sua inauguração, em meados de 1722, num dos maiores acontecimentos da época.

Construída em pau a pique, a igreja foi elevada à condição de diocese em 1826. O pároco Pacífico tem seu nome marcado nos registros da catedral como pioneiro na missão.

O Templo é uma homenagem ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, padroeiro da cidade de Cuiabá. Entre 1739 e 1740 o prédio fora reconstruído em taipa de pilão pelo padre João Caetano. Ao longo dos anos sua estrutura sofreu algumas alterações, dentre elas, o levantamento de uma nova Capela Mor na Igreja Matriz em 1740.

ELEVAÇÃO DAS TORRES

Quinze anos mais tarde houve a elevação da primeira torre, porém esta veio a ruir e em 1771. O frei José de Nossa Senhora da Conceição obteve sucesso ao edificar a torre, na qual fora acrescentado um relógio no ano de 1842 e passados vinte e nove anos os sinos foram adicionados. Todavia, a Catedral Basílica Bom Senhor Jesus de Cuiabá foi implodida em 14 de agosto de 1968 e em seu lugar fora construído um templo novo, de concreto armado e inaugurado em 24 de maio de 1973.

0 comentário
0

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

error: O conteúdo está protegido !