Acadêmicos de Direito participam da abertura do Programa Super Star_gio 2024

Os 60 acadêmicos de Direito, que já estagiam no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e os que começam este ano, participaram da abertura do Programa Super Star_gio 2024, da Coordenadoria Judiciária do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), realizada na tarde desta quinta-feira (22 de fevereiro). O evento contou com a presença da diretora-geral do Tribunal, Euzeni Paiva de Paula, a coordenadora judiciária responsável pelo programa, Rose Santini Pincerato, e de diretores e diretoras que ministram as palestras temáticas quinzenais e acompanham os estagiários durante o ano.
 
O programa atua no processo de ensino teórico e prático e oportuniza aos futuros advogados e advogadas aprimorar os conhecimentos por meio de treinamentos e palestras quinzenais de capacitação com diretores de departamentos, assessores de gabinetes e demais servidores. Além disso, acompanham de forma presencial e/ou por videoconferência sessões de julgamento cíveis e criminais com foco nas sustentações orais, como observação das melhores técnicas em oralidade.
 
Durante a fala de abertura Rose Pincerato explicou que, como o programa é cíclico, para este ano os estagiários da primeira turma (2023) terão conteúdos inéditos e os da segunda turma, que iniciam o estágio este ano, aprenderão todos os temas da programação do ano anterior. Ela disse também que o programa é aberto a todos os estagiários do Poder Judiciário de Mato Grosso. “Não se restringe aos estagiários do Segundo Grau ou da Coordenadoria Judiciária, que estão atuando no TJ. Temos um grupo de WhatsApp onde compartilhamos todo o conteúdo ministrado. O estagiário (a) de Direito que quiser fazer parte do programa deve entrar em contato com a Coordenadoria Judiciária do TJ que será incluído (a) ”, explicou a coordenadora.
 
Os instrutores são diretores e diretoras “super capacitados”, com experiência de 20, 25 anos nas secretarias e nos departamentos da área judiciária. “Começamos com 30 e poucos alunos e hoje temos 60, com a possibilidade de aumentar o número por conta dos novos gabinetes (de desembargadores) e novas Câmaras, já que cada um tem direito a dois estagiários e os gabinetes pedem que os estagiários sejam capacitados no Super Star_gio, porque o programa está bem divulgado e tem dados bons frutos”, contou Pincerato.
 
A diretora-geral do TJMT falou sobre os 29 anos de sua trajetória profissional durante o “Pod Star”, que teve a participação do coordenador da Coordernadoria de Auditoria Interna, Wellington Correa e Rose Pincerato. Após contar sua história ela deixou a mensagem aos estagiários para que eles se dediquem e aproveitem as oportunidades para aprender o tempo todo. “Não existe concorrência, não existe estabilidade. Você é responsável pelas suas escolhas. (…) As pessoas normais como a gente, tem que trabalhar, tem que estudar, acordar cedo. A vida real é assim. Um em um milhão vai ser uma youtuber famosa que vai ganhar milhões ou jogador de futebol famoso. Sou muito prática e realista. A vida real acontece aqui. Ela é muito desafiadora, é trabalhosa, ela não é fácil mesmo. Não tem moleza. O tempo vai passar. Como que você vai aproveitar esse tempo? (…) Sacrifícios temporários, resultados permanentes. (…) Não tem como não dar certo, se você fizer certo!”, concluiu.
 
Na abertura do evento, a estagiária Kauanny Campos, 20 anos, que está no 7º semestre de Direito e estagia desde o ano passado na Primeira Câmara do Direito Privado, interpretou a música “Trem Bala”, da cantora Ana Vilela. Para ela, a experiência de estagiar no TJMT é “incrível”. “É incrível. É melhor aprender na prática do que só ler sobre o assunto. Gostei muito de aprender sobre recursos e acompanhar as sessões com os desembargadores e que têm sustentação oral de advogados. Já tinha estagiado na Seplag (Secretaria de Planejamento do Estado) e num escritório de advocacia. A experiência aqui no Tribunal é muito diferente.”
 
O acadêmico Gabriel Tadano, 24 anos, cursa o 9º semestre de Direito e iniciou o estágio em agosto de 2022, antes mesmo do Programa Super Star_gio. “Eu tive o privilégio de ser um dos primeiros estagiários do programa. Comecei no RH de magistrados e não consigo nem descrever como era antes do “super estágio”, a importância que o estagiário recebeu no Tribunal depois do programa. Agora os gabinetes pedem estagiários porque estão vendo que é uma mão de obra que aprende rápido, que consegue desenvolver muitas coisas em pouquíssimo tempo. Esse ano vou me formar e quem sabe consigo um cargo de assessor, se eu estiver merecendo”, brincou ele dizendo que sua área de preferência é a Cível.
 
A Isadora Sampaio de Barros Gomes, de 21 anos, está cursando o 7º semestre e ficou sabendo do estágio na faculdade. “É um estágio muito comentado entre os alunos de Direito, de que aqui é um lugar de oportunidades de crescimento e reconhecimento. Realmente é uma oportunidade única. Eu acho que daqui a gente sai com uma bagagem que a faculdade não dá. Acredito que estagiar no Tribunal de Justiça é totalmente diferente de estagiar em outros órgãos, que é o super diferencial do programa, mas também as funções que nos são dadas, principalmente em gabinetes (de desembargadores)”, explicou ela, dizendo que os estagiários do TJMT acabam se destacando dos colegas não só em relação à oportunidade de ler processos, mas aprender a linguagem processual e entender os trâmites do Segundo Grau, que a faculdade não ensina, e de conviver com profissionais que fazem muita questão de estar sempre por perto para auxiliar nas nossas dúvidas”.
 
Sobre o programa – A Coordenadoria Judiciária do Tribunal de Justiça implementou o Super Star_gio, programa de capacitação exclusivo para os estagiários da área Judiciária em 2022. O objetivo é garantir o aprendizado prático e teórico aos futuros operadores do Direito.
 
Os estudantes finalizam o estágio de dois anos conhecendo as atividades dos 19 departamentos da área jurídica e acompanham todas as fases dos processos que tramitam no Judiciário mato-grossense, a atuação dos desembargadores e advogados nas sessões de julgamento. Além disso, para os estagiários que obtiverem 80% de participação no programa, terão a oportunidade de aprender a minutar ementas, relatório e votos.
 
Em 2023 foram:
23 encontros do Projeto Super_Star_Gio
Mais de 20 temas inéditos
Mais de 65 horas de capacitação
Mais de 25 instrutores
 
Para participar do Programa Super Star-gio, os estagiários (as) que cursam Direito e estagiam em qualquer unidade judiciária do Estado, deve entrar em contato com a Coordenadoria Judiciária pelo e-mail coordenadoria.judiciaria@tjmt.jus.br .
 
#ParaTodosVerem – Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição da foto 1: a imagem mostra no palco nove pessoas em pé, olhando para a coordenadora do programa de estágio, que fala ao microfone. Na parede está um telão que mostra a tabela das palestras que serão ministradas durante o ano. As letras são ilegíveis. Foto 2: a imagem mostra o mesmo palco onde estão três pessoas. De um lado está uma mulher branca, vestindo camisa verde e calça preta, e do outro lado uma mulher morena de cabelos longos e loiros, vestindo blusa alaranjada está sentada olhando e sorrindo para o homem moreno, sentado ao seu lado. Ele segura um microfone e fala para a primeira mulher. O homem está com um blazer azul marinho e uma calça bege. No telão aparece uma logomarca com uma estrela e escrito Super Star-Gio Pod Star e um microfone modelo antigo. Foto 3: A estagiária Kauanny está em pé, vestida com blusa e calça pretas, cantando no microfone. Ela é morena, tem cabelos pretos, longos e lisos e usa óculos. Ela segura o telefone celular com a mão esquerda. Foto 4: A imagem mostra foto de meio corpo do estagiário Gabriel. Ele é um homem jovem, oriental, de cabelos lisos, curtos e escuros e está sorrindo. Ele veste camisa polo azul marinho. Foto 5: a imagem mostra a estagiária Isadora. Ela é uma jovem morena, de cabelos lisos, escuros e na altura dos ombros. Ela está séria, olhando para a repórter da TV Justiça, que não aparece na foto. Ela usa camiseta branca bordada com perólas.
 
Marcia Marafon/ Fotos: Ednilson Aguiar
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *