ALMT realiza sessão especial para entrega de 26 títulos e moções

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), por meio do deputado Valdir Barranco (PT), entregou em sessão especial, na segunda-feira (11), títulos de cidadão mato-grossense e moções a 26 personalidades que contribuíram com o desenvolvimento e crescimento de Mato Grosso. 

“Estamos homenageando pessoas de mais de 15 estados brasileiros, personalidades que vieram para Mato Grosso há muitos anos e que tanto contribuíram com o estado. Hoje, estão sendo reconhecidos pela Assembleia Legislativa com títulos de cidadão mato-grossense e moções”, disse o parlamentar.

“Algumas áreas foram contempladas com títulos e moções como cooperativas, representantes de assentamentos, políticos e professores. Nós temos acompanhado cooperativismo no Estado, estamos fazendo algumas reuniões com o governo Federal, remotamente, estamos numa construção de um projeto com o ministro Paulo Teixeira e com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aluísio Mercadante, para impulsionarmos e incentivarmos o cooperativismo no Estado. Por isso, o meu reconhecimento de todos os parlamentares”, finalizou o deputado.

Presidente da Cooperativa da Agricultura Familiar de Sinop (Coopeafs), Luís Carlos Cortes, recebeu título de cidadão mato-grossense e ressaltou o trabalho do deputado Valdir Barranco com a agricultura familiar.

“Quando cheguei em Mato Grosso, enfrentei várias dificuldades, principalmente com a implantação da cooperativa. O cooperativismo não é forte aqui, em comparação a outros estados como o Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Cada dia é um obstáculo, mas a gente com fé e tranquilidade, sempre trabalhando correto, as coisas acontecem”, contou Luís.

Natural de Belo Horizonte, o vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Nova Brasilândia, Flávio dos Santos Magalhães, chegou no interior de Mato Grosso em 1986. O parlamentar recebeu o título de cidadão mato-grossense e falou da alegria de ser reconhecido.

“Eu iniciei em Nova Brasilândia como comerciante, depois conversando com a comunidade, com a população, a gente viu a necessidade de lançar o nome para exercer um cargo eletivo na Câmara Municipal. Para nós, que viemos de fora, criamos laços familiares. Eu acho que é muito importante dar esse título para as pessoas que vieram de outros estados e contribuíram com o progresso de Mato Grosso”, enalteceu Flavio.

A bióloga e professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Solange Ikeda, chegou em Mato Grosso na década de 70. Já foi pró-reitora de extensão e cultura da universidade. 

“Eu vim criança para Mato Grosso, em 1974, em Rondonópolis. Depois, minha vida acadêmica, foi na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e após, na UNEMAT, segui minha carreira de professora, trabalhei como gestora, pró-reitora de extensão e cultura, e atualmente eu desenvolvo pesquisas no Pantanal. Eu tenho trabalhado com a restauração ecológica do Pantanal, principalmente nos últimos tempos que nós temos sofrido com seca e incêndios. Então, ser cidadã de mato-grossense para mim é uma honra. Eu tenho três filhos cacerenses, esposo que nasceu no estado e é muito bom sentir parte do Estado”, comemorou a professora.

Título Cidadão Mato-grossense 

Ademar Viana dos Santos 

Adilson José Francisco 

Almiro Chumann 

Alexandre Regio da Silva

Antônio Luiz da Silva 

Bruno Jonk Neto – 

César Augusto Faria 

Edemilson Souza 

Fernando Luiz Limberger 

Fernando Haddad 

Flávio dos Santos Magalhães 

Jackson Ferreira da Silva 

Jairo de Souza 

Luís Carlos Cortes – 

Marcelo Beduschi 

Maria Dalva de Oliveira Fernandes

Neuzo Antônio de Oliveira 

Ramon Martins Fernandes 

Sebastião Soares da Silva 

Solange Kimie Ikeda Castrillon

Vandelice Deodato da Silva Veron 

Moção de Aplausos

Agnaldo Rodrigues da Silva 

Antônio Eduardo da Costa e Silva 

Eudes da Anunciação

Jonatas Valverde Arrotéia

Lázaro Papazian Chau – Museu da Imagem e do Som de Cuiabá 


Secretaria de Comunicação Social

Telefone: (65) 3313-6283

E-mail: imprensa1al@gmail.com


Fonte: ALMT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *