Aspectos Demográficos: população de Cuiabá

por Editoria/AC

A demografia do município de Cuiabá apresentou comportamento instável no decorrer da história. Logo após a descoberta das ricas Jazidas do Sutil a notícia do novo achado trouxe à região mais central do Continente Sul-americano número significativo de pessoas à procura de riqueza, e rapidamente  transformou o pequeno arraial em promissor e importante núcleo populacional. Declara Joseph Barbosa de Sá em seu relato que, 5 anos após a descoberta das minas, Cuiabá contava com aproximadamente 3.000 habitantes.

O rigor fiscal, os atos de arbitrariedade praticados pelo governador da Capitania, Rodrigo César de Menezes, as descobertas do metal precioso em outras áreas, a escassez de alimentos e as doenças foram fatores que contribuíram para o progressivo esvaziamento populacional da Vila de Cuiabá. De acordo com Virgílio Correa Filho, entre 1732 e 1737 abandonaram Cuiabá cerca de 3.500 pessoas.
Apesar das cotidianas adversidades enfrentadas por seus moradores, em 1791 Cuiabá possuía 14.543 habitantes, 9.018 homens e 5.435 mulheres.

O censo demográfico de 1872, o primeiro no Brasil, revelou na Província de Mato Grosso população de 60.417 habitantes; destes, 35.987 encontravam-se em Cuiabá e eram 59% da população do Estado. Vale ressaltar que o censo foi realizado depois da Guerra do Paraguai, quando Mato Grosso e principalmente Cuiabá tinham perdido grande parte da sua população devido ao surto de varíola que assolara a região.

Os dados referentes a 1890 indicam em Mato Grosso uma população de 92.827 habitantes, contando Cuiabá 17.815 habitantes, havendo, portanto, decréscimo populacional em torno de 50% em relação aos dados de 1872. Na década seguinte, uma população de 118.025 pessoas habitava o estado de Mato Grosso, das quais 34.339 em Cuiabá, o que representa acréscimo populacional da ordem de 93%.

A literatura não registra fato que contribua sobremaneira para as alterações populacionais em Cuiabá. Registra apenas a escassez do ouro e a ocorrência do surto de varíola em 1867, anterior ao primeiro censo realizado, o que pode indicar prováveis deficiências dos censos de 1872 e de 1890.

Reflexo da política governamental empreendida por Getúlio Vargas, iniciada nos anos 30 com o programa Marcha para o Oeste, Cuiabá apresentou, após período de estagnação populacional, taxa de crescimento de 2,43% a.a. Nas décadas de 1940 e 1950 passou por mais um período de estagnação.

A situação modificou-se significativamente na década de1960, quando a capital mato-grossense integrou-se efetivamente ao processo produtivo brasileiro, pela política de ocupação da Amazônia meridional adotada pelo governo federal. Como “Portal da Amazônia”, Cuiabá veio a ser polo de desenvolvimento. Em termos populacionais o município experimentou intenso período de crescimento e transformação espacial.

Dos 57.860 habitantes registrados em 1960, Cuiabá passa a ter uma população de 100.865 habitantes em 1970, de 212.984 em 1980, de 402.813 em 1991, registrando taxa de crescimento populacional de 5,71% a.a. na década de 60 e variação populacional de 74% no período; na década de 1970, taxa de crescimento de 7,76% a.a. e variação de 111% no período, e na década de 80, taxa de crescimento de 5,96% a.a. e variação populacional de 89%. Os números representam nesse período de 31 anos uma variação populacional de 596%.

O censo demográfico do ano 2000 aponta uma população de 483.346 habitantes, registrando taxa de crescimento de 2,04% a.a. e variação populacional de 20% no período de 1991 a 2000, indicando uma desaceleração no ritmo de crescimento, porém com crescimento contínuo.

Na contagem da população realizada em 2007 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram contabilizados 526.830 habitantes, registrando taxa de crescimento populacional de 1,24 % a.a. e variação de 9,0% no período de 2000 a 2007.

Conforme o censo demográfico do IBGE de 2010, registraram-se 551.098 habitantes no município de Cuiabá, tendo havido, portanto, taxa de crescimento de 1,32% a.a. e variação populacional de 14,02% no período de 2000 a 2010. A alteração registrada refere-se praticamente ao crescimento da população, chegando a 580.489 habitantes.

A população de Cuiabá cresceu quase 1% entre 2018 e 2019 e chegou a 612.547 habitantes e, conforme estimativa divulgada pelo IBGE em 2020, o número subiu para 618.124 pessoas. Já a população de Mato Grosso, conforme dados do instituto, chegou a 3.526.220 pessoas.

Fontes: “População de Cuiabá; análise da dinâmica demográfica” In: Estudos básicos para o planejamento de Cuiabá; diagnóstico do meio físico, do meio vivo (flora e fauna), economia, população, interpretação social da cidade. (Módulo V). Cuiabá, FUFMT – Prefeitura Municipal de Cuiabá. Resultados preliminares do censo demográfico. IBGE.

0 comentário
0

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário