Botelho homenageia policiais penais

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (União), entregou na manhã de hoje (14) moções de aplausos para policiais penais. Na oportunidade, o parlamentar homenageou membros da diretoria da Penitenciária Central do Estado e nove agentes.

De acordo com o presidente da ALMT, as homenagens são o reconhecimento público pelos 30 anos de trabalho prestado por esses profissionais.

“Essa categoria desempenha um papel muito importante para a sociedade mato-grossense. É o reconhecimento do trabalho prestado para o Estado com dedicação. A classe passou por muitas dificuldades e hoje estamos homenageando esses profissionais, que são pessoas que já passaram por muitas dificuldades. Eles eram agentes carcerários, depois passaram para agentes prisionais, e, posteriormente, policiais penais. Houve muitos avanços e melhorias. Essas pessoas merecem essa homenagem da Assembleia Legislativa”, lembrou Botelho.

Para o diretor da Penitenciária Central do Estado, Arnold de Souza Pacheco, a homenagem chegou para coroar o trabalho desenvolvido pelos profissionais ao longo de décadas.

“Essa homenagem é muito importante para mim. Isso demonstra o prestígio do nosso trabalho que estamos desempenhando no dia a dia, sempre visando a melhoria para o sistema penitenciário. Sempre seremos parceiros da Assembleia para buscar melhorias para nossa categoria”, destacou Pacheco.

Atuando há mais de 30 anos na profissão, a policial penal Vânia Pereira de Souza entende que a categoria passou por muitas transformações, e lembrou dos momentos difíceis superados pelos profissionais.

“Estou extremamente feliz com essa honraria. É o reconhecimento dos serviços prestados ao longo de três décadas de carreira para o Estado. Desde 1990, poucos foram os reconhecimentos que a categoria teve, houve muita mudança nesse período de acordo com as necessidades. Nessa categoria, a periculosidade é muito grande”, explicou.

O presidente do Sindicato do Sistema Prisional e Penitenciário (Sindsppen), Amauri Benedito Neves, reforçou a opinião de Vânia de Souza, afirmando ainda sobre os avanços da classe ao longo dos 30 anos.

“Passamos por muitas transformações em Mato Grosso. Começamos como agentes carcerários da Polícia Civil, por meio do concurso realizado em 1991, depois em 2010 passamos a ser agentes prisionais, e por fim, em 2022, policiais penais. Mas essa reconstrução, começou em 2004 e concluída em 2019. A categoria passou por muitos momentos difíceis, mas vencemos, e hoje podemos dizer que estamos sendo privilegiados”, finalizou Neves.

Confira os homenageados:

Moção de Aplausos:

Arnold de Souza Pacheco

Clayton dos Santos Rodrigues

Elioenai Plens de Souza Amaro

Vânia Pereira de Souza

Eva dos Santos Gonçalves

Marcílio Antônio da Silva

Edson Luis de Arruda Pinto

Carlos Kleber Paes de Barros

Benedito Carlos de Jesus

Amaury Benedito Paixão das Neves

Luiz Gonzaga Coelho de Miranda

Elizabeth Ourives de Campos


Secretaria de Comunicação Social

Telefone: (65) 3313-6283

E-mail: imprensa1al@gmail.com


Fonte: ALMT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *