GMF Mato-grossense conhece o sistema socioeducativo Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão

A Comitiva do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (GMF/TJMT) realizou uma visita institucional, (12 de dezembro), na Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) para conhecer boas práticas e ações de ressocialização realizadas com reeducandos e reeducandas, em São Luís, Maranhão. 
 
Os gestores participaram de uma reunião para apresentar e compartilhar experiências realizadas em Mato Grosso. Eles também conheceram o Centro Integrado de Justiça Juvenil – CIJJUV, uma moderna unidade que oferece atendimento aos adolescentes em conflito com a lei. Na oportunidade, visitaram os Centros Socioeducativos da Grande Ilha, Sede Administrativa e Escola de Socioeducação do Maranhão (ESMA). 
 
O GMF-MT realiza intercâmbio estadual com objetivo de conhecer projetos de educação, qualificação profissional e estruturas que possam ser trazidas em Mato Grosso, proporcionando melhorias no sistema carcerário na efetiva ressocialização dos privados de liberdade. O foco é transformar a vidas para que todos possam ser inseridos na sociedade de forma digna.   
O trabalho do GMF-MT é realizado em parceria com várias instituições, como a Secretaria de Segurança Pública, Defensoria Pública, Forças Policiais, Universidades em diversas ações para atendimento aos reeducandos dentro dos presídios e cadeias.
 
Na comitiva de Mato Grosso foi composta por representantes da Superintendência de Administração Socioeducativa (Suase), órgão vinculado à Secretaria Adjunta de Justiça da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), Iberê Junior, a juíza titular da Segunda Vara da Infância e Juventude de Cuiabá TJMT, a juíza coordenadora do eixo socioeducativo, Leilamar Rodrigues, Gestor administrativo do Núcleo de Apoio ao GMF/TJMT, Lusanil Egues da Cruz e demais servidores.
 
#ParaTodosVerem – Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Primeira imagem: Mostra os membros da comitiva, onze pessoas, seis homens e cinco mulheres. Eles estão em pé dentro de uma sala.
 
Carlos Celestino/ Foto: Reprodução rede social Funac-MA
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *