Prazo para escolas inscreverem estudantes na olimpíada de Matemática se encerra nesta sexta-feira (15)

Estudantes da rede estadual de ensino interessados em participar da 19ª edição da Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) têm até esta sexta-feira (15.03) para se inscreverem na competição. A inscrição é feita exclusivamente pelas escolas, preenchendo o formulário disponível no site do OBMEP, de forma gratuita, com os dados do estudante.

Podem participar da maior competição científica do país, estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Objetivo da olímpiada é descobrir novos talentos em matemática, contribuir para estimular o estudo nessa área, além de promover a inclusão social pela difusão do conhecimento. 

A OBMEP ocorre em duas fases, sendo a primeira com a aplicação de prova objetiva de 20 questões no dia 4 de junho. Já a segunda etapa, será realizada com os classificados da primeira fase, com uma prova discursiva de seis alternativas no dia 19 de outubro. As provas são elaboradas de acordo com o grau de escolaridade dos concorrentes: nível 1 (6º e 7º ano), nível 2 (8º e 9º ano) e nível 3 (ensino médio).

A competição vai premiar os estudantes que tiverem o melhor desempenho, com medalhas de ouro, prata, bronze ou certificados de menção honrosa. Os professores também terão direito a receber premiação e as escolas participantes serão a partir do desempenho de seus estudantes no evento. Consequentemente, todos os candidatos medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC).

O PIC é destinado aos alunos premiados da OBMEP, realizado por meio de uma rede nacional de professores em polos espalhados pelo país. A finalidade é despertar nos estudantes o interesse pela matemática e pela Ciência em geral.

Para tirar todas as dúvidas, acesse o regulamento com as informações sobre condições, prazos, datas e regras previstas para participação na olimpíada.

Olimpíada de Matemática

A olimpíada é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Em Mato Grosso, o evento tem o apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT).

No ano passado foram distribuídas 8.450 medalhas nacionais, sendo 650 de ouro, 1.950 de prata e 5.850 de bronze, além de 51 mil certificados de menção honrosa. Em Mato Grosso, foram 103 premiados, entre estudantes, professores e escolas.

Para mais informações, encaminhar as dúvidas por e-mail: mt01@obmep.org.br.

Fonte: Governo MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *