Projeto Verde Novo encerra 2023 com distribuição de mudas em ação no Parque Massairo Okamura

O Projeto Verde Novo, uma iniciativa do Poder Judiciário de Mato Grosso, celebra o encerramento de 2023 com uma parceria no evento Programa Mulher MT, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT). Cerca de 350 mudas de árvores nativas e frutíferas foram distribuídas para as mulheres participantes do evento, marcando o fechamento das atividades do ano, fortalecendo e fomentando a conscientização ambiental e a participação ativa dos parceiros.
 
O evento ocorreu na manhã de sábado (16 de dezembro), no Parque Massairo Okamura, em Cuiabá, um espaço que representa a importância da preservação ambiental.
 
O Papai Noel do Verde Novo, interpretado 2º sargento da Polícia Militar, Marcelo Luciano Pereira Campos, marcou presença durante a distribuição de mudas nativas e frutíferas e juntamente com a engenheira florestal do projeto, Rosiani Carnaíba, deu orientações às pessoas.
 
A estudante de Engenharia de Transportes, Thaisa Bruna Nieland Borges levou para casa mudas de ipê amarelo e amora. Ela conta que já possui algumas árvores plantadas na residência, mas que essas vão auxiliar na sombra e minimizar o calor. “É importante conscientizar as pessoas sobre a arborização, inclusive em suas casas”, frisou.
 
O engenheiro civil Andre Luiz Schuring aproveitou a oportunidade para levar três mudas para casa: acerola, pitanga e ipê branco. Ele recebeu orientações sobre como fazer o plantio correto e afirma que essa parceria com o Verde Novo é excelente.
 
“Uma oportunidade de nós profissionais estarmos integrados às necessidades de algumas carreiras que fazem parte do nosso sistema, como engenharia florestal e engenharia agrônoma. A conscientização é o mais importante, despertar isso na sociedade”, ressaltou.
 
O presidente do CREA-MT, Juarez Samaniego, falou sobre a parceria entre o Conselho e o Verde Novo. “Nós temos que agradecer o Tribunal de Justiça de Mato Grosso justamente pelo Juvam e o projeto Verde Novo que sempre está presente nos eventos de recuperação de nascentes, áreas degradadas e plantando Cuiabá para dar à nossa Capital o título que ela tinha de Cidade Verde, que ao longo do tempo foi perdendo essa característica. Hoje o Juvam e outros parceiros estão resgatando esse título”, comentou.
 
Durante a abertura do evento a engenheira civil Marciane Prevedello, que compõe a diretoria do CREA-MT, classificou o projeto Verde Novo como belíssimo e importante para a Capital mato-grossense, destacando a parceria com o Conselho.
 
“É uma parceria de suma importância porque o Conselho Regional de Engenharia compõe mais de 250 profissões na área técnica. Então é a conscientização dos projetistas, conscientização do Governo estar presente nos projetos de arborização. Não adianta nada construirmos prédios, fazermos estradas e não ter a arborização porque as ondas de calor só vão melhorar com as árvores. Todas as quase 200 mil árvores plantadas e doadas pelo Projeto, desde o seu início, com certeza fazem muita diferença”, afirmou.
 
Números – O Projeto Verde Novo, do Juizado Especial Volante Ambiental (Juvam) de Cuiabá, encerra o ano com 196 mil mudas de árvores frutíferas e nativas plantadas ou distribuídas, com 680 ações ambientais e a formalização de inúmeras parcerias para atividades teóricas de conscientização.
 
Conscientização – O objetivo principal do projeto vai além do plantio de árvores, ele estimula o interesse da população para contribuir na ampliação da área verde em Cuiabá. A conscientização é promovida de maneira criativa, destacando a importância da arborização e incentivando atitudes simples que podem contribuir para mitigar os efeitos do aquecimento global.
 
A engenheira florestal do Juvam, Rosiani Carnaíba, falou das atividades realizadas ao longo de 2023 pelo Verde Novo destacando a abrangência das ações, que alcançaram muita escolas onde foram realizados plantios, distribuições, palestras de conscientização para os alunos. Também foram realizadas ações em praças, contornos, vias públicas, instituições e empresas. Rosiani falou também sobre a participação ativa na Semana do Meio Ambiente, com iniciativas voltadas para conscientização ambiental.
 
“Muitas empresas nos procuraram para levarmos o Verde Novo para dentro dessas instituições para desenvolver nos colaboradores essa vontade de plantar árvores na cidade. Ao longo desse ano o Verde Novo esteve presente em várias atividades com essa temática sobre o meio ambiente, plantando árvores, distribuindo mudas e fazendo a conscientização das pessoas para que a gente venha a contribuir mais para que Cuiabá seja mais verde”, sublinhou.
 
Para 2024 Rosiani Carnaíba disse que as ações de distribuição e plantio terão continuidade em Cuiabá e início na cidade de Várzea Grande, já que no dia 15 de dezembro a presidente do TJMT, desembargadora Clarice Claudino da Silva e o prefeito municipal Kalil Baracat assinaram termo de cooperação na Escola Municipal de Ensino Básico “Emanuel Benedito de Arruda”, localizada no bairro Costa Verde, para o desenvolvimento de ações no município, vizinho de Cuiabá.
 
“Vamos começar o ano também nas escolas, quando começar o ano letivo, e quem nos procurar, seja em Várzea Grande ou Cuiabá, estamos à disposição para firmar mais parcerias e espalhar o verde”, concluiu.
 
As entidades, órgãos, empresas ou pessoas físicas que também estejam interessadas em se tornar parceiros do Verde Novo, poderão entrar em contato acessando o portal – projetoverdenovo.tjmt.jus.br , ou pelo e-mail: verdenovo@tjmt.jus.br
 
Papel fundamental do projeto – Ao longo de seis anos, o Projeto Verde Novo tem desempenhado um papel importante na promoção de soluções naturais para o controle dos efeitos climáticos. As árvores, além de sua beleza estética, atuam como condicionadores naturais de ar, desempenhando um papel fundamental na manutenção do clima. Elas contribuem para a redução da temperatura, umidificação do ar e freio na velocidade dos eventos climáticos, fornecendo uma resposta eficaz aos desafios ambientais enfrentados nos últimos anos.
 
O projeto continua a ser um grande exemplo de como iniciativas locais podem fazer a diferença na promoção da sustentabilidade e na construção de um futuro mais verde para todos.
 
O Verde Novo tem a cooperação da Prefeitura de Cuiabá, Instituto Ação Verde, Energisa TVCA entre outros parceiros.
 
#Para todos verem. Esta matéria possui recursos de texto alternativos para promover a inclusão de pessoas com deficiência visual. Primeira imagem: Fotos horizontal colorida. Várias mulheres juntas, umas em pé, outras agachadas posando para foto. Ao centro Papai Noel com roupa verde e branca, barba branca e a engenheira floresta do Juvam ao centro. Segunda imagem: André Luiz está ao lado da engenheira florestal do Juvam e de outra senhora de blusa branca. Eles seguram mudas e estão ao lado da árvore de natal do juvam. Ele é um homem alto, branco, cabelos grisalhos e usa uma bermuda bege, camisa polo azul marinho e tês escuro. Terceira imagem: Marciane está em pé, segurando duas mudas de plantas. Ela é uma mulher branca, magra, de cabelos escuros. Usa boné, óculos de sol, camiseta branca e calça colada colorida, tênis azul e laranjado. Quarta imagem: Papai Noel do Verde Novo dá orientações a engenheiras do Crea. A foto é colorida, em ângulo fechado onde do lado direito aparece a árvore de natal do Verde Novo. Quinta imagem: Equipe do Verde Novo e a engenheira Marciane posam apra foto em frente a árvore de Natal do Verde Novo. Sexta imagem: Diretoria do CREA-MT durante a abertura do evento. São quatro mulheres e dois homens que estão em pé, um ao lado do outro, enquanto o presidente fala para os presentes. Ele é um homem branco, usa calça jeans, blusa xadrez clara e boné bege.
 
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *