Comarca de São José dos Quatro Marcos desenvolve ações da Justiça Restaurativa com estudantes

A Comarca de São José dos Quatro Marcos desenvolveu algumas ações da Justiça Restaurativa com adolescentes que estudam na Escola Estadual Lourenço Peruchi, nos dias 23, 26 e 27 de fevereiro.
 
Conduzido pela agente da infância e juventude e facilitadora formada pelo Núcleo Gestor da Justiça Restaurativa (Nugjur), Sandra Longhi de Lima, o trabalho abordou formas de lidar com as emoções, disciplina, respeito, drogas lícitas e ilícitas, dentre outros assuntos.
 
Por meio de uma roda de conversa em um ambiente preparado especialmente para a dinâmica, com decoração, música e mimos, a facilitadora conseguiu desenvolver uma proximidade com os jovens, trazendo um apoio para lidar com os desafios da vida.
 
“Foi muito positivo o trabalho, nós conseguimos levar essa ferramenta maravilhosa, de forma amorosa, empática e eles se sentiram receptivos. O objetivo maior é deixar para esses jovens uma compreensão de que as emoções fazem parte da vida da gente. Vai haver momentos de tristeza, alegria, frustrações e a importância é como eu lido com isso”, explica Sandra.
 
Formas de auxiliar a resolver os problemas também fazem parte do trabalho da Justiça Restaurativa nas escolas, ajudando os estudantes a ampliarem sua visão sobre as formas como podem lidar com os desafios que a vida apresenta a todos.
 
“A proposta desse trabalho é levar as ferramentas para esse jovem. Muitas vezes eles ficam tão fechados em si mesmos, nas frustrações deles, naquilo que eles se sentem ausentes, que não conseguem enxergar o que está à volta como possibilidade simples, um manejo simples de lidar com tudo isso”, reitera a facilitadora.
 
Em março, serão realizados círculos de paz com os professores.
 
#ParaTodosVerem – Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição da imagem: foto vertical da dinâmica. Vários adolescentes estão sentados em cadeiras azuis olhando para a servidora Sandra, que está em pé ao centro da roda, ela fala e gesticula. No teto e nas paredes há balões brancos e amarelos e fitas brancas.
 
Mylena Petrucelli
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *