Idosos do Lar Benedito Alberto Campos participam do Círculo de Construção de Paz

Os braços abertos e a expressão de alegria no rosto da senhora Josvalina Francisco de Carvalho, moradora do Lar Benedito Alberto Campos, na cidade de Nova Brasilândia, a 233 de km de Cuiabá, representam satisfação e gratidão pela experiência vivida no ‘Círculo de Construção de Paz’. Por meio do Núcleo Gestor da Justiça Restaurativa (NugJur) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), o juiz do Fórum da Comarca de Chapada dos Guimarães, Leonísio Salles de Abreu, realizou no início do mês de março, a dinâmica de paz, levando uma mensagem de amor, esperança e alegria aos corações dos 20 idosos que moram na casa de apoio, além da equipe que trabalha na unidade. 
 
O magistrado explicou que por se tratar de um grupo de idoso, alguns deles têm uma limitação na percepção e comunicação. Mesmo assim, foi realizada a dinâmica de conversa restaurativa com foco na mulher, em comemoração ao 8 de março, Dia Internacional da Mulher.
“Realizamos uma conversa restaurativa com as cuidadoras e os idosos sobre a temática mulher, ressaltando a importância do trabalho das ‘mulheres cuidadoras dos idoso’ que também são voluntárias na atenção às pessoas que não tem família”.
 
A dinâmica também oportunizou que as cuidadoras de idosos compartilhassem alguns detalhes sobre o trabalho e as dificuldades enfrentadas na unidade, com destaque para as necessidades de políticas públicas do município para melhoria no Lar Benedito Alberto Campos.
 
A coordenadora do Lar Benedito Alberto Campos, destacou que a iniciativa de realizar o Círculo de Construção de Paz não apenas proporciona momentos de alegria e descontração, mas também têm um impacto significativo no bem-estar emocional dos idosos. Respeitar, aceitar, acolher, amar e desejar o bem são gestos simples, porém poderosos, que fazem toda a diferença na vida desses idosos.
 
“Essa ação realizada pelo juiz Leonisio foi muito importante, pois todos os idosos ficaram felizes com a chegada de pessoas de fora. Eles ficaram alegres por ouvir uma palavra, por ter essa atenção do juiz e sua equipe. Essa roda de conversa foi importante para todos, foi uma oportunidade de falar detalhes da nossa realidade aqui no lar e também ouvir ele. Com certeza, isso contribuiu muito para o bem-estar de todos, foram palavras que nos deixaram muito contente”, declarou.
 
Desde 1999, o Lar Benedito Alberto Campos está de portas abertas para acolher idosos que foram abandonados ou não tem familiares. Atualmente, a unidade atende 20 idosos, homens e mulheres na faixa-etária de 50 a 95 anos. A unidade fica localizada na Av. Joari Alberto de Campos, n°304, Bairro Caixa D’Água.
 
Para solicitar a realização Círculo de Construção de Paz e saber mais detalhes sobre trabalho desenvolvido pelo (NugJur) do TJMT, entre em contato: (65) 3617-3617 / (65) 9 9222-9757 (WhatsApp), e-mail: nugjur@tjmt.jus.br ou acesse a página do NugJur: https://portalnugjur.tjmt.jus.br/ .
 
#ParaTodosVerem – Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Foto 1: Mostra uma senhora sentada na cadeira, sorrido com os braços abertos. Ela tem pele negra, usa um vestido azul e um boné rosa. Ao seu lado, o juiz do Fórum de Chapada dos Guimarães. Ele é um homem branco, cabelos grisalhos, está usando uma camiseta branca e calça jeans azul. Foto 2: Mostra o um grupo de onze pessoas, sendo cinco homens e sete mulheres sentados em círculos.
 
Carlos Celestino
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *