TJMT realizará evolução do PJe de 5 a 7 de janeiro; sistema estará indisponível

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso realizará a evolução do Processo Judicial Eletrônico (PJe) para a versão 2.4, que ocorrerá de sexta-feira a domingo (5 a 7 de janeiro de 2024). Durante esse período, o sistema estará indisponível para utilização.
 
Atualmente, a Justiça estadual opera com a versão 2.2. A evolução abrangerá 11 versões do Sistema PJe, incluindo 10 novas funcionalidades, 103 melhorias e 311 correções. Dentre essas atualizações estão a implementação do código de integração do Criminal x SEEU.
 
Durante a indisponibilidade do Sistema PJe, o Plantão Judiciário no Primeiro Grau será conduzido por meio do Portal Eletrônico do Advogado (PEA), conforme comunicado no Ofício Circular Nº 1/2024 CGJ/DAPI (acesse AQUI).
 
 
 
No âmbito do Segundo Grau de Jurisdição, as medidas de caráter urgente devem ser remetidas por meio dos e-mails abaixo. Adicionalmente, se faz necessário que o advogado ou advogada estabeleça comunicação com a secretaria de plantão, a fim de confirmar a recepção do e-mail encaminhado.
 
– Plantão Cível Público e Privado
 
E-mail: primeira.secretariadireitopublicoecoletivo@tjmt.jus.br 
 
Contados: (65) 99989-5920 e (65) 99658-2034.
 
– Plantão Criminal
 
E-mail: segunda.secretariacriminal@tjmt.jus.br
 
Contato: (65) 99239-0069.
 
Em caso de dúvidas ou necessidade de esclarecimentos entre em contato com o Suporte Técnico pelo telefone: (65) 3617-3900 ou a abertura de chamado utilizando a Central de Atendimento (https://cti.tjmt.jus.br/#/login) da Coordenadoria de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso.
 
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *