Estações climáticas de Cuiabá

por Editoria/AC

Na capital mato-grossense as observações meteorológicas iniciaram-se no Observatório Meteorológico Dom Bosco, ligado à Missão Salesiana. Idealizado e fundado no início do século passado pelo salesiano coadjutor prof. Sílvio Melanese, consolidou-se como posto de observação com os trabalhos do padre Ricardo Remeter. Após a morte deste, em 1965, assumiu o observatório o mestre Jorge Bombled, que já fazia parte da equipe comandada pelo padre Remeter.

Desde 1911 o Observatório Meteorológico Dom Bosco integra a Rede Nacional de Meteorologia do Ministério da Agricultura.

O Observatório Dom Bosco funcionou até 1966, quando a responsabilidade pela coleta de dados ficou a cargo do 4º. Distrito Meteorológico, hoje 9º. Distrito, ligado ao Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) do Ministério da Agricultura e do Abastecimento.

CLIMA DE CUIABÁ
O clima é essencialmente Tropical Continental, mas com algumas variantes típicas do lugar, apresentando dois períodos distintos: o chuvoso, com duração de oito meses, e o seco, com duração de quatro.

No período chuvoso, principalmente nos primeiros meses, a temperatura é mais elevada. Geralmente, o período das chuvas começa e termina com ventanias violentas acompanhadas de trovões. Nessa época do ano a pressão atmosférica, mantendo-se alta, permite suportar as temperaturas elevadas. A umidade do ar mantém-se alta. Assim, durante a época das chuvas, o clima é Tropical Continental Úmido.

O período seco estende-se de junho a setembro, havendo alguns anos com períodos mais pronunciados. A umidade do ar em certos dias desce a uma percentagem mínima que varia de 18% a 40%. Essas características definem o clima como Tropical Continental Seco, durante esses meses.

É no período seco que ocorrem as frentes frias, ocasionadas pelo avanço das massas de ar vindas dos Pampas argentinos, situados mais pró­ximos das geleiras do Polo Sul. O frio, geralmente é acompanhado de garoas persistentes empurradas para o Norte por ventos intensos Sul; permanece, no máximo, oito dias, para reaparecer a intervalos mais ou menos prolongados. O frio das madru­gadas e das manhãs alternam-se com o calor de meio-dia e da tarde. Em Cuiabá não se registram óbitos imputáveis à intensa insolação.

Referência: Jorge Bombled. Meio século de meteorolo­gia – v.1, 4º. Fascículo / Referência: Jorge Bombled. Meio século de meteorologia – v. 1, 4º. fascículo.

0 comentário
0

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário