Nosso Judiciário recebe acadêmicos de Direito da Unic Beira Rio

O Projeto Nosso Judiciário recebeu nessa segunda-feira (11 de março), as turmas do 1º ao 8º semestres do curso de Direito da Unic Campus Beira Rio. Eles conheceram as dependências e setores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso e aprenderam sobre a composição e funcionamento da instituição.
 
A iniciativa visa aproximar o Poder Judiciário não só dos estudantes de nível superior de Direito, mas também de alunos do ensino médio. Os acadêmicos conhecem a sede do TJMT enquanto os alunos de ensino médio recebem a visita das equipes do projeto nas escolas.
 
Durante a visita, os acadêmicos assistiram sessão de julgamento da Primeira Câmara de Direito Público e Coletivo, presidida pela desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos.
 
No tour pelo tribunal, os acadêmicos visitaram o Espaço Memória, onde conheceram o acervo com documentos e peças antigas que contam a história do judiciário mato-grossense ao longo dos seus quase 150 anos. Também receberam um glossário jurídico das mãos da juíza-auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça, Christiane da Costa Marques.
 
A magistrada conversou com os estudantes sobre as experiências na segunda Vara de Família e Sucessões da Comarca de Várzea Grande, onde é juíza titular, e falou sobre adoção e violência doméstica. “Não é a primeira vez que venho falar com os acadêmicos e essa iniciativa é louvável. Falamos sobre a distribuição das comarcas e da importância do profissional de Direito que é o primeiro juiz da causa. É de fundamental importância o cuidado, a conduta e seriedade do advogado quando ele entra com a petição inicial e a forma como ele expõe para nós e para o cliente é muito importante”, sublinhou a magistrada.
 
“Mesmo sendo meu 1º semestre, essa visita é extremamente importante. Desde o início você já pode refletir sobre o futuro da carreira e assistir a uma sessão. Conversar com uma juíza foi uma experiência fundamental para nós estudantes. Durante a audiência você avalia como o advogado se pronuncia defendendo a sua causa e a forma como nos guiaram aqui foi muito interessante”, pontuou Gustavo Elter, acadêmico do 1º semestre.
 
Para a acadêmica do 5º semestre, Lenuce Ydy, saber como funciona os bastidores da Justiça é muito importante aos futuros operadores do Direito. “A juíza Christiane deu muitas dicas importantes para nós estudarmos e sermos bons profissionais conhecedores da lei e agindo com ética e moral”, avaliou.
 
O grupo também assistiu a apresentação da diretora das Câmaras Cíveis Reunidas, Carla Pacheco. Ela explicou sobre as atribuições das câmaras e sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJe).
 
O aprendizado, na prática, também conta pontos extraclasse. O professor que acompanhou a turma, Bruno Camelo, enalteceu a iniciativa. “Para a disciplina de prática jurídica conta ponto, outros professores pedem relatórios. Então é muito importante, visto que alguns alunos se quer tinham visto um juiz de perto, ou conheciam a estrutura do Poder Judiciário, que é muito aberto. Estar aqui é uma oportunidade ímpar para o desenvolvimento educacional desses acadêmicos”, concluiu.
 
#paratodosverem. Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição da imagem 1: foto colorida no espaço Memória, durante palestra da juíza Christiane da Costa Marques. A Magistrada está ao centro, ladeada pelo coordenador do projeto e o professor da turma, à frente estão os acadêmicos. Imagem 2: foto horizontal colorida onde a magistrada segura o glossário entregue à acadêmica, as duas sorriem para foto. Imagem 3 – foto do Espaço Memória durante a palestra da diretora das câmaras reunidas, em primeiro plano aparece a estatueta da deusa Têmis.
 
Eli Cristina Azevedo/ Fotos: Alair Ribeiro
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

Almanaque

Almanaque

O Almanaque Cuyabá é um verdadeiro armazém da memória cuiabana, capaz de promover uma viagem pela história em temas como música, artes, literatura, dramaturgia, fatos inusitados e curiosidades de Mato Grosso. Marcam presença as personalidades que moldaram a cara da cultura local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *